Coloque seu celular no modo retrato

São muitos benefícios em ser assinante! Cadastre-se, Deguste sua Edição GRÁTIS e Assine!

Tratamento Por que a pele de quem tem diabetes é mais propensa a complicações?

A pele da pessoa com diabetes merece cuidados especiais. Por isso, a Servier do Brasil e o Cedraflon prepararam um guia digital, em parceria com a farmacêutica Mônica Lenzi e a dermatologista Renata Bertino, com diversas informações. Baixe grátis. (Matéria Patrocinada)

Informe publicitário | 12/06/2020

Para responder essa e outras dúvidas que surgem na cabeça de quem tem diabetes, a Servier do Brasil e o Cedraflon, em parceria com a farmacêutica e educadora em diabetes Mônica Lenzi e a dermatologista Renata Bertino, desenvolveram um guia digital sobre os sinais e as complicações mais comuns na pele causados pelo diabetes.

No guia, as especialistas explicam como pequenas atitudes e mudanças de hábito podem ajudar a prevenir complicações. Clique aqui para baixar gratuitamente o seu guia digital.

Clique para baixar o e-book

Pernas e pés ressecados em função do diabetes?

Sensação de pernas pesadas e cansadas?

Para trazer mais conforto e qualidade de vida aos pacientes com diabetes, a Servier do Brasil lançou o Cedraflon, um creme Francês testado e aprovado pelos endocrinologistas, que ajuda no combate diário ao ressecamento da pele, principalmente dos pés, auxiliando na prevenção e evolução das complicações da pele seca provocado pelo diabetes. Além disso, Cedraflon está em linha com a recomendação da Associação Americana de Diabetes, que recomenda o uso diário de hidratantes, pois a fragilidade de peles ressecadas pode facilitar o desenvolvimento de fissuras e ulcerações, porém os cremes utilizados não podem deixar a pele úmida, pois podem levar a um maior risco de infecção por fungos.

Cedraflon é 3 em 1:

  • Hidratação intensa com efeito prolongado, graças a exclusiva tecnologia da MATRIZ 3D e baixa concentração de ureia, garantindo uma hidratação da medida certa, sem esfoliar a pele;
  • Absorção imediata com toque seco, não deixando os dedos e os pés úmidos;
  • Refrescância com uma fragrância delicada, reduzindo a coceira, graças ao mentol.

FIQUE ATENTO:
A ureia, dependendo da sua concentração no creme hidratante, possui efeito de “esfoliação”, não sendo indicada para a pele do paciente com diabetes, que tende a ser uma pele ressecada e fragilizada.

Cedraflon promove hidratação na medida certa com a concentração ideal de ureia, não oferecendo risco de esfoliar a sua pele, garantindo uma hidratação intensa e prolongada por 8 horas.

Acesse o site e conheça mais: www.cedraflon.com.br

*Matéria patrocinada pela Servier do Brasil e Cedraflon

Compartilhe