fbpx

Coloque seu celular no modo retrato

Parceiros Mas, afinal, o que é retinopatia diabética?

“É uma complicação do diabetes que tem como gatilho o nível alto de açúcar no sangue. Se este não for controlado a médio prazo, leva à produção […]

Vanessa Pirolo | 30/03/2022

“É uma complicação do diabetes que tem como gatilho o nível alto de açúcar no sangue. Se este não for controlado a médio prazo, leva à produção de uma proteína, responsável por provocar lesões definitivas nas paredes dos vasos, que nutrem a retina. Em consequência, ocorre vazamento de líquido e de sangue no interior do olho, desfocando a visão. Com o tempo, a doença se agrava e os vasos podem se romper, caracterizando a hemorragia vítrea, podendo levar ao descolamento da retina”, explica Dr. Paulo Henrique Morales, doutor em oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e especialista em retina e vítreo.

“A melhor forma de evitar a retinopatia diabética ou diagnosticá-la precocemente é controlar a glicemia adequadamente, visitar o oftalmologista com a descoberta do diagnóstico do diabetes e ter um acompanhamento anual com este profissional. Se houver alguma alteração da visão, é necessário visitá-lo o mais rapidamente possível”, pontua o médico.

Leia mais da matéria na edição 30 da Momento Diabetes.

Fonte: Revista Momento Diabetes nº 30. Confira na nossa loja virtual.

***Texto escrito pela Vanessa Pirolo, e publicado na edição 30 da revista Momento Diabetes.

Compartilhe