fbpx

Coloque seu celular no modo retrato

São muitos benefícios em ser assinante! Cadastre-se, Deguste sua Edição GRÁTIS e Assine!

Hora do Treino Neuropatia diabética x atividade física

A neuropatia periférica diabética é uma das complicações crônicas decorrentes do diabetes. Ela tende a surgir como um distúrbio de caráter sensitivo, autonômico, progressivo e irreversível e […]

Jonathan Ribeiro | 02/04/2021

A neuropatia periférica diabética é uma das complicações crônicas decorrentes do diabetes. Ela tende a surgir como um distúrbio de caráter sensitivo, autonômico, progressivo e irreversível e pode acometer tanto pessoas com diabetes tipo 1 quanto do tipo 2.

Na grande maioria dos casos, a neuropatia diabética atinge os membros inferiores (pés e pernas) e os sintomas mais comuns são: perda da sensibilidade, dor, fragilidade muscular, queimação e aumento da fadiga.

Em linhas gerais, a neuropatia periférica diabética é desenvolvida por meio da exposição prolongada à glicotoxidade da hiperglicemia, na qual os nervos periféricos são deteriorados e sua eficiência começa a ser diminuída, prejudicando tanto a recepção quanto a transmissão de informações nervosas.

Pesquisas mostram que um efetivo controle glicêmico tem resultados positivos na incidência da neuropatia periférica pessoas com diabetes tipo 1.

Leia mais da matéria na edição 25 da Momento Diabetes.

Fonte: Revista Momento Diabetes nº 25. Confira na nossa loja virtual.

Compartilhe