fbpx

Coloque seu celular no modo retrato

São muitos benefícios em ser assinante! Cadastre-se, Deguste sua Edição GRÁTIS e Assine!

Alimentação Quem tem diabetes pode comer inhame?

O alimento é super versátil e vai bem em diversas receitas, sendo um ótimo substituto da batata. Saiba como consumi-lo.

Redação | 23/02/2021

Inhame é o nome genérico que agrupa muitas espécies do gênero Dioscorea, herbáceas trepadeiras que produzem tubérculos subterrâneos comestíveis, as túberas.

As túberas do inhame são altamente energéticas, ricas em carboidratos, vitaminas do complexo B e minerais, possuem baixo teor de gorduras e são reconhecidas pelas propriedades depurativas do sangue.

Por ter um sabor suave e textura macia, o inhame é super versátil e pode ser consumido cozido, assado, em pirão, sopas, cremes, pães, bolos, biscoitos, panquecas e tortas.

“O inhame pode substituir a batata em vários pratos. No Momento Delícia já utilizamos o inhame de diversas formas, inclusive a chef Alena Barros ensinou até o creme de leite de inhame”, disse a nutricionista Martha Amodio, coordenadora do caderno de receitas da Momento Diabetes.

Ou seja quem tem diabetes pode comer inhame, mas com moderação e dentro de um plano alimentar prescrito pelo nutricionista para atender as necessidade individuais de cada paciente.

Fontes consultadas para este texto: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Alimentos regionais brasileiros / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed. – Brasília : Ministério da Saúde, 2015.

Compartilhe