Paixão mundial, o queijo é rico em diversos nutrientes importantes para a saúde, como minerais, entre eles o cálcio, vitaminas A, ótima para a visão, e B12, imprescindível para a função neurológica, além de proteínas, gorduras e carboidratos.

Ele é produzido a partir da coagulação do leite e a inúmera variedade de tipos disponíveis no mercado depende do tempo de envelhecimento desse estágio e da cultura bacteriana”, explica a nutricionista Geórgia Bachi, mestre em nutrição e alimentos.

Apesar de indicarem zero grama de carboidrato nos principais manuais de contagem de carboidrato, os queijos podem alterar a glicemia se consumidos em grande quantidade. “Os queijos são fonte de proteínas e, dependendo do tipo, podem fornecer uma quantidade significativa de gordura, que acaba alterando a taxa de glicose mais tarde”, esclarece Ticiane Gonçalez Bovi, mestre em Clínica Médica e com Especialização em Nutrição em Doenças Crônicas pelo Hospital de Clínicas da Unicamp.