Na psicologia existe um termo chamado “reforço positivo”, que foi estudado e difundido pelo autor e psicólogo Skinner e pode ser muito útil na educação de filhos com diabetes. O reforço positivo é a habilidade de reconhecer e recompensar alguém por um comportamento desejado no momento que ele ocorre. Essa última parte é importante, pois o momento em que a recompensa acontece determina como o cérebro do adolescente ou da criança vai entender aquele incentivo e associá-lo ao comportamento desejado.

Por exemplo, quando seu filho medir a glicemia, praticar alguma atividade física, aplicar insulina antes de uma refeição ou desenvolver qualquer outro comportamento que você quer que ele tenha, congratule-o! Mostre que você percebeu o que ele fez e não deixe esse momento passar. É muito comum que o ser humano dê mais atenção para o que está errado do que para os acertos. Da mesma forma, é natural que os pais reajam quando o filho faz algo indesejável ou deixa de fazer algo importante do que quando faz algo desejável. Por isso, não perca a capacidade de celebrar as pequenas conquistas do dia a dia e do tratamento.

Fabiana Couto, coach de saúde e criadora do movimento educativo Divabética (facebook.com/divabetica)

Este conteúdo faz parte da revista Momento Diabetes nº 10 (abril/maio) que você encontra nas melhores bancas do país ou na nossa loja virtual. Clique aqui e adquira a sua.