Atividades físicas não fizeram só bem para a saúde dessas feras, fizeram carreira

Que a atividade física é essencial para deixar a saúde em ordem, disso já sabemos, mas além de uma aliada para o controle da glicemia de quem tem diabetes, o esporte significa uma oportunidade de fazer carreira usando o equilíbrio ao seu favor.

Confira os esportistas que que aprenderam a equilibrar a bola e a glicemia:

Washington: ex-jogador de futebol, que jogou no Atlético Paranaense, no São Paulo e no Fluminense, é DM1 desde os 21 anos.

Adam Morrison: ex-jogador profissional de basquete norte-americano, jogou pelo Charlotte Bobcats e Los Angeles Lakers na NBA.

Chris Dubley: ex-jogador profissional de basquete dos Estados Unidos, tem DM1 desde os 16 anos e fundou uma associação para pessoas com a condição.

Ron Santo: ex-jogador de baseball, foi um dos primeiros atletas americanos a jogar profissionalmente em um time, em 1967!

Kyle Love: atual jogador de baseball do Carolina Panthers, descobriu o DM2 dois dias depois de ser contratado para jogar no New England Patriots.

E ai, se inspirou com essas feras? O esporte coletivo é um grande exercício para o corpo e para mente. Nós apoiamos essa prática!

Este conteúdo faz parte da edição 7 da Revista Momento Diabetes. Para ler a matéria completa, compre aqui a sua.