A quantidade de água que deve ser ingerida diariamente varia de pessoa para pessoa, mas a importância é a mesma. Confira!

A melhor maneira de se hidratar ao longo do dia é beber água mesmo. Além de não ter carboidratos nem calorias, ela mata a sede e traz diversos benefícios à saúde. Com o calor chegando, é ainda mais importante prestar atenção ao consumo e perda líquidos do nosso corpo, mas como saber qual a quantidade ideal que devemos consumir diáriamente?

Para a nutricionista Hevoise Fátima Papini, mestre em Ciências Nefrológicas, “a melhor maneira de saber se a quantidade ingerida está suficiente é observar a cor da urina. Ela deve ser clara. Se estiver escura, o organismo precisa de água”. Isso se agrava se a pessoa tem diabetes: ao descompensar a quantidade de açúcar no sangue, por exemplo, o organismo precisa da água para auxiliar no equilíbrio das funções.

Vale lembrar que a fração de água que cada pessoa necessita varia de acordo com a idade, peso, atividades físicas praticadas, clima e temperatura do ambiente onde vive e que existe uma parcela de líquidos nos alimentos ingeridos diariamente que ajudam a hidratar o organismo, como algumas frutas, por exemplo.

O ideal é que cada pessoa pese suas necessidades de acordo com o estilo de vida para que o corpo não fique desidratado. Água gaseificada, água de coco, isotônicos e águas aromatizadas são alternativas interessantes para repor o índice de líquidos no corpo, com ressalvas para os carboidratos da água de coco e dos isotônicos, que devem ser consumidos com moderação.

Atribuímos tanta importância para a água que fizemos uma matéria completa sobre ela, falando sobre os benefícios para a saúde, a importância para o funcionamento do organismo e também para o tratamento do diabetes. Compre ela no nosso canal digital!