Algumas coisas são essenciais para quem tem diabetes: saber organizar medicamentos e alimentação, principalmente fora de casa

Para essas férias, algumas dicas de como se preparar podem fazer toda a diferença:

– Faça um check-list de todos os itens que precisam ser usados para medir e controlar a glicemia diariamente. É necessário fazer uma relação entre quantos materiais são usados e a quantidade de dias que você vai passar fora, para não faltar nada;

– Levar quantidades extras desses itens essenciais também é uma boa dica, como glicosímetros, fitas reagentes, lancetador e lancetas, seringas e/ou canetas, além de insulina e/ou medicamentos. Pilhas e baterias para os medidores e bomba de insulina também devem estar sempre à mão;

– É interessante consultar um médico antes de viajar, sobretudo com crianças, para verificar a necessidade de fazer algum ajuste de dose ou orientações mais específicas;

– Para prevenir crises de hipoglicemia, é essencial ter no kit sachês ou pastilhas de glicose, balas e fontes de carboidratos simples. Para situações de emergência, o glucagon também é bem-vindo;

– Para completar o kit pâncreas, é importante que carregar consigo um cartão de identificação escrito “TENHO DIABETES”, principalmente para crianças, com dados da pessoa e contatos dos responsáveis.

 

Saiba mais sobre os cuidados das crianças com diabetes na matéria “Tempo de Brincar” na Edição 5. Compre aqui a sua revista.