Da natureza para você: confira a seleção dos alimentos aliados do controle glicêmico

Banana verde e seus derivados

Tanto a farinha quanto a polpa e a biomassa da banana verde são ricas em fibra e amido resistente, um tipo de carboidrato não digerido pelo organismo. Semelhante à fibra, esse amido contribui para a regulação intestinal, retardando o esvaziamento gástrico e, consequentemente, melhorando o controle da glicemia. Ótima para quem tem diabetes, pois deixa a digestão lenta, controla a liberação de glicose e aumenta o tempo de saciedade.

 

Mirtilo

Assim como as outras “berries” (frutas vermelhas), o mirtilo, também chamado de blueberry, fornece boas quantidades de fibras, vitaminas e minerais, e possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias graças à presença de polifenóis (flavonoides), cuja ingestão estaria ligada à diminuição da obesidade, do excesso de triglicérides e colesterol e à menor resistência à insulina.

 

Oleaginosas

Pequenas no tamanho, mas grandes nos benefícios, as nozes, amêndoas, castanhas, pistache, macadâmia e avelã apresentam alto teor de gorduras insaturadas (aquelas que são boas para a saúde), além de vitaminas e uma gama de antioxidantes, como selênio e zinco, que agem como protetor cardiovascular e diminuem os níveis de colesterol. Esse time também pode ser consumido por quem tem diabetes, pois as gorduras insaturadas evitam o pico de glicemia e conferem uma sensação de saciedade prolongada. Atenção redobrada com a quantidade, já que as oleaginosas são muito calóricas.

 

Acha que é só? Têm mais! Confira na edição 4 da Momento Diabetes. Compre aqui.