A queda de açúcar no sangue requer tratamento imediato para se evitar o pior. Saiba identificar os sinais de uma hipoglicemia e como revertê-la

 

Quando a glicemia fica abaixo de 70 miligramas por decilitro (mg/dL) no sangue, o corpo começa a sofrer algumas consequências pela falta de açúcar e energia. Isso se chama hipoglicemia.

A hipoglicemia é causada, geralmente, quando ficamos muito tempo sem comer ou quando o organismo gasta muita energia sem haver reposição, como no caso de uma atividade física mais intensa, por exemplo. Doses de insulina em excesso também podem causar uma hipo.

Os sinais, no entanto, nem sempre são claros e podem variar de pessoa para pessoa. Listamos alguns sintomas mais comuns:

  • Tontura
  • Fome e náusea
  • Formigamento nos lábios e na língua
  • Tremedeira
  • Nervosismo e ansiedade
  • Suores e calafrios
  • Irritabilidade
  • Confusão mental
  • Taquicardia
  • Dor de cabeça
  • Fraqueza
  • Falta de coordenação motora
  • Sonolência
  • Visão embaçada
  • Pesadelos durante o sono
  • Inconsciência.

 

Para reverter uma crise, recomenda-se consumir de 15 g a 20 g de carboidratos simples, ou seja, de rápida absorção, que podem ser: uma colher (de sopa) de açúcar diluída em água OU uma colher de mel OU um copo de refrigerante comum (não pode ser diet) OU um copo de suco de laranja integral.

É importante medir a glicemia 15 minutos depois para acompanhar a estabilização e, assim que possível, comer algo mais complexo.

Em situações mais drásticas, em que a hipoglicemia causa inconsciência ou convulsão, é necessário aplicar o glucagon, hormônio que faz o fígado liberar açúcar na corrente sanguínea, e procurar ajuda médica. Neste caso, o paciente precisará de ajuda, por isso, é fundamental orientar pais, familiares, amigos e pessoas que convivem com você sobre os sintomas de uma hipoglicemia e o que fazer se um quadro desses acontecer. A informação pode salvar sua vida!

Para saber mais, compre aqui a edição 01 da Momento Diabetes.