Por Juliana Baptista (nutricionista, educadora em diabetes e enviada especial da Revista Momento Diabetes)

Começou nesta 4ª feira (15/02), em Paris, na França, a 10ª Conferência Internacional de Tecnologia Avançada no Tratamento para o Diabetes (ATTD). O primeiro dia de congresso contou com workshops de especialistas da indústria farmacêutica que apresentaram seus mais novos sistemas de monitoração de glicose e bombas de infusão.

Roche exibiu seu primeiro sensor de glicose, o Accu Check Insight CGM (sistema de monitoramento contínuo de glicose), cuja leitura do sensor pode ser feita tanto pelo dispositivo quanto por um aplicativo de celular. A duração do sensor é de 7 dias e deve ser calibrado duas vezes ao dia. Os estudos realizados apontaram uma boa acurácia do sistema e grande satisfação dos usuários.

A bomba de infusão, 640 G, foi a novidade apresentada pela Medtronic .  O sistema prevê uma hipoglicemia com 30 minutos de antecedência, bloqueando assim a infusão de insulina e prevenindo uma hipoglicemia, o sistema volta a infundir insulina assim que decteta que a glicemia subiu para um nível seguro. Uma ação totalmente interativa permitiu que alguns médicos instalassem a bomba para testá-la, outra novidade foi a confirmação do lançamento da 640 G no Brasil ainda no primeiro semestre deste ano.

Apostando ainda no grande sucesso do Libre, que causou um verdadeiro furor por sua busca no Brasil e na Europa, a Abbott falou sobre os benefícios do sistema Flash de Glucose, o qual tem duração de 14 dias e é indolor. O dia terminou com a palestra de abertura oficial pelo professor esloveno e Phd em diabetes, Tadej Battelino e o médico endocrinologista e diabetólogo francês, Eric Renard.

Aguarde, amanhã teremos mais novidades sobre o Congresso!